Só falta você!

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Antes de morrer...



Antes de morrer eu quero deixar as coisas nos mais absolutos conformes, aliás a frase que mais desejo pronunciar nesta vida é: Agora posso morrer. Isso vai significar que todos os meus objetivos foram alcançados, sendo assim eu poderia morrer tranquilo.


Por que temer a morte? Sócrates, o homem mais inteligente do mundo já dizia: "Como vou temer aquilo que não conheço?" 


Até pode ser melhor, imagine estar ao lado de gênios como Homero, Sócrates, Aristóteles, Jean-Jacques Rosseau, William Shakespeare, Mozart, Leonardo da Vinci, Hipócrates, René Descartes, Isaac Newton, Pitágoras, Tiradentes, Joana d' arc, Karl Marx, Martinho Lutero, Elvis Presley, John Lennon, Martin Luther King Jr., entre muitos outros heróis que não estão presentes nos livros de história... Muito melhor do que este mundo repleto de violência, maldade, egoísmo, tendo como ser dominante um autodestruidor.


As pessoas estão cada vez mais omissas para com a realidade, enxergam apenas o que lhe convir, ou seja, o que lhe trará algo em troca, um lucro! Mas sobretudo, estão INSENSÍVEIS, a sensação que sinto é que no lugar do coração as pessoas têm uma pedra, que não possuem alma, sujeitos mundanos e inanimados. Pois não se tem compaixão por nada! 


Este mundo é lindo mas o homem está fazendo dele um lugar horrível, não existem mais HUMANOS e sim HOMENS que seguem ordens independente do que lhe for pedido, ignorando assim os princípios da razão agindo feito máquinas, esquecendo sua identidade humana, cujo atributo principal é a sua moral. 


Onde está o amor? Isto não deve se limitar à um homem e uma mulher, aos filhos, à uma casa! O amor é um sentimento que deve ser ESPALHADO PARA TODOS! 


É ridículo, somos  todos iguais em nosso objetivo, só queremos ser felizes, porém não confundamos a felicidade, não achemos que algo material a trará ou que a felicidade consiste em acabar com a felicidade alheia, não busquemos esta felicidade à qualquer custo, isto é, não temos o direito de atropelar as pessoas em busca de nosso objetivo. Afinal, isso não é necessário para a felicidade VERDADEIRA.


Dizem por aí que as PEQUENAS COISAS hoje em dia estão sendo ignoradas, está ERRADO! Não são pequenas coisas e sim GRANDES COISAS, o que nos faz mover a cada dia!


Primeiramente tenho absoluta FÉ em Deus, prova disso que entrego-me de corpo e alma à Ele. Então não quero morrer em um acidente de trânsito, em um assalto, em uma confusão tola, coisas do gênero, ao menos que seja assim que Deus queira, mas prefiro morrer por uma causa, lutando à favor do bem como um ser genuinamente humano e assim deixar o que eu tinha de BOM para servir como exemplo para todas as pessoas, fiquem com o que eu tenho de melhor, e olha que são muitas coisas! 


Dedico minha vida à todos. Fiquem com o meu jeito brincalhão de encarar a vida, tratando as coisas com bastante humor, fiquem com as minhas risadas, os meus conselhos, as minhas palavras, os meus exemplos, jamais desistam, mantenham-se sempre unidos, pois assim estarão sempre fortes, apesar dos apesares sempre tenha fé em Deus, ele estará sempre conosco, nunca nos abandonará e por fim, escolham ser pessoas felizes como eu escolhi ser.


Não espero morrer agora, mas se Deus escolher isto não tem problema! E digo isso porque não tenho MEDO, pois enquanto viver serei feliz, porque amo as pessoas e não quero morrer agora pela razão de desejar sentir ao máximo de tempo a felicidade, tanto nesta vida como em outra.


PS: A única coisa que peço é que não deixem meu corpo apodrecer embaixo da terra, é nojento! Vendam minhas coisinhas se necessário e me cremem!

3 comentários:

  1. Bom esse plano ... ao morrer, não deixar arestas ... bom objetivo!

    Parabéns pelo blog recém-nascido. Bom back-ground, bom design, e o que é fundamental, bom texto. Nem 20 dias e já com 12 posts...

    Conversaremos sempre!

    ResponderExcluir
  2. Olá Homerix!

    Muito obrigado pelo elogio e pela visita!

    Com certeza conversaremos sempre!

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Nooooossa Anselmo, você foi longe em... Vê como melhoramos com a prática?! Meus primeiros textos são horríveis! rsrs

    Sobre o jornalismo, não há imparcialidade nele há tempos, mas vamos ver no que dá, obrigado pelas visitas como sempre!

    Abraços
    e continue escrevendo.

    Bento.

    ResponderExcluir

Não sou o "dono da verdade", portanto, estarei sempre disposto a ouvi-lo(a)...