Só falta você!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Construindo Uma Personalidade





É incrível como cada pessoa tem uma personalidade diferente! Você até pode experimentar das mesmas coisas que uma outra pessoa, mas o resultado disto é diferente em cada pessoa.


Então, acredito que personalidade é inexorável, quero dizer que no dado momento em que nos damos conta de que somos alguém ao mesmo tempo adquirimos um princípio de personalidade que podemos chamá-la de "essência", isto é, além da personalidade representar nossa essência de um novo ser existente ela é inerente ao ser humano, todos nós temos pelo menos uma.


E agora! Quando mencionei "pelo menos uma", o que quer dizer isto? É que na verdade como já um tanto conhecida a teoria de que as pessoas possuem personalidades boas e ruins, como aquele anjinho que fica posicionado no ombro esquerdo enquanto o diabinho fica no outro, enfim, não acredito nesta ideia, a encaro da mesma forma que milhares de outras parábolas que existem, pois a personalidade é única, e que no caso estão misturadas todas as características inclusive o bem e o mal. Ocorre que um sujeito ao pensar que possui duas personalidades ele acaba por responsabilizar suas atitudes boas pelo seu lado do bem e as ruins pelo seu lado mal, achando que estas agem separadamente, o que na verdade não passa de um equívoco.


Bem, de volta ao cerne da questão como é que se constrói uma personalidade? A personalidade é basicamente formada através das informações que nossa mente está sempre recebendo, vindas de experiências próprias, experiências alheias que tomamos conhecimento, e outras mídias como livros, filmes etc.


Pelo menos quando eu procuro analisar os fatores que cooperaram até então para constituir minha personalidade, encontro além das minhas experiências que vivi as mídias como os livros e filmes que absorvi.


É verdade que não li muitos livros no passado, quando criança e até pré-adolescente achava chato ler, principalmente quando tratava-se de livros extensos e cansativos preferindo os gibis, mangás e super-heróis em geral, mas hoje graças à Deus que me livrei deste equívoco e tomei gosto como nunca pela leitura, lendo diariamente eu pretendo assim continuar pelo resto de minha vida e ainda fico chateado por ainda não ter lido os livros que ainda não li. Por não dispor de um embasamento tão consistente não poderei citar aqui uma diversidade de títulos aconselháveis.


Porém desde a minha infância digamos não muito literária, eu já apreciava e muito a arte chamada cinema, pois o filme é como se fosse o resumo de um livro, o que torna-o a melhor fonte de cultura. A magia do cinema é incrível! A fantasia cinematográfica me inspirava como ninguém, cansei de tentar reproduzir cenas famosas do cinema, adquiri meus filmes e personagens favoritos, enfim, sempre foi uma excelente fonte de cultura para minha cabeça, para minha personalidade, então digo que um dos grandes responsáveis por constituir minha personalidade são os filmes que assisti.


Resumindo, o texto primeiramente afirma que cada pessoa possui uma personalidade diferente, ou seja, quando nasce uma pessoa, nasce uma nova personalidade que em sua essência não pode ser alterada mais que pode ser enganada e corrompida em relação à tudo aquilo que é do mundo. O que coopera para a constituição de uma personalidade são as informações que são lançadas à nossa mente, e que por experiência própria afirmo que um dos melhores métodos são os filmes. Afinal, como mesmo falam que são os livros que você leu que dirão que tipo de homem você é, eu digo também que são os filmes que você assistiu que dirão que tipo de homem você é.

Um comentário:

Não sou o "dono da verdade", portanto, estarei sempre disposto a ouvi-lo(a)...