Só falta você!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Dente Por Dente, Olho Por Olho



Este é um ditado bem antigo e conhecido, e também um dos que eu não concordo, pelo menos em partes. Pois que vamos à elas: Bom, em primeiro lugar gostaria de começar pela minha convergência no dito que consiste na ideia básica e explícita de que uma coisa vale exatamente por outra. Porém no contexto que a sentença apresenta eu discordo pelo seguinte: considerando que uma determinada pessoa tome a "iniciativa"(observe que existe um sujeito que toma a iniciativa de causa) de "arrancar" o dente de uma outra pessoa de forma malevolente, automaticamente este está assumindo a responsabilidade dos resultados que a atitude trará. Portanto, este ponto de vista demonstra que se um sujeito além cometer o ato de ferir alguém como tirando o olho ou qualquer outra coisa, ele mereceria além de uma retaliação igual ao ato cometido como se interpreta na frase, mas também mereceria algo à mais, algo que se somasse, que na ideia de uma punição seria o equivalente à uma maior retaliação do que a praticada a princípio, e isso varia de caso para caso. 


Bem, considero interessante a supramencionada observação, pois ela pode servir de base para todas as outras coisas, ou seja, sempre haverá um iniciante, aquele que toma as rédias  sem medir as consequências do que isto pode levar.


Então, acredito que seja importante que se identifique os digamos "iniciantes" dessas práticas, para que os mesmos sejam devidamente penalizados da forma que realmente merecem.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não sou o "dono da verdade", portanto, estarei sempre disposto a ouvi-lo(a)...