Só falta você!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Os Animais





Depois de um post sobre amor, apresento-lhes um tema também relacionado à este, afinal os animais são seres tão amáveis quanto os humanos.

Existem várias "modalidades" de animais na sociedade moderna, onde uns são considerados domesticáveis e outros nem tanto. Bom, independente das classificações os animais possuem suas funções fundamentais para sobrevivência da natureza.

O ser humano também é um ser animal, porém sua característica principal para a diferenciação entre todos os outros animais da natureza é a sua capacidade de raciocinar. Entretanto, é um equívoco pensar que os outros animais sejam estúpidos, paradoxalmente os homens é que demonstram estupidez aos montes, agredindo uns aos outros gratuitamente, como se não tivessem a simples condição de falar, sendo que o mesmo ocorre entre os outros animais, mas que é aceitável entre animais que não raciocinam e que tampouco trocam palavras. Realmente, o bicho o homem consegue fazer jus ao bicho que é, e muitas vezes não raciocina.

O mesmo homem que não raciocina e por isso agride e até mata a si mesmo cotidianamente, come os animais cotidianamente, enquanto os animais irracionais apenas obedecem a sua natureza e comem outros animais somente por necessidade de sobrevivência. Não me diga agora que todos os humanos só comem animais para sobreviver! Raciocine comigo, você precisa comer carne animal para sobreviver? Claro que não! É por esta razão que existem vegetarianos e afins crescendo a cada dia.

Os animais sendo eles domésticos ou não são amáveis, mais do que isso eles amam incondicionalmente, sem pedir nada em troca além de carinho. Ao passo que amar o ser humano é mais complexo, uma vez que normalmente se quer algo em troca. Inclusive, digo que os animais apesar de irracionais são mais confiáveis do que o bicho homem.


Os animais são equivalentes as crianças humanas, parece que os animais irracionais não crescem. Portanto, qualquer mal praticado contra eles é o mesmo que praticar contra uma criança humana, visto que ambos não têm consciência real da vida e são indefesos.


Por fim, não tenho intuito de deixar uma mensagem melancólica, mas a que devemos respeitar mais os animais que são tão importantes como nós. Caso você ainda não tenha um animal, adote um e aprenda e seja feliz a cada dia com ele.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não sou o "dono da verdade", portanto, estarei sempre disposto a ouvi-lo(a)...