Só falta você!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Os Desastres Naturais São Sempre Inevitáveis?





Todo ano é a mesma coisa! Estamos constantemente assistindo tragédias semelhantes ocorrendo pelo mundo todo, mas o que podemos fazer? Ou será que é exatamente o que estamos fazendo que está causando isso?


Bem, infelizmente as classificações de tais desastres são variadas, entre as mais clássicas pode-se citar os terremotos, ciclones, tsunamis, deslizamentos de terra e também as enchentes.


Agora só falta avaliar o que é evitável, a começar pelos terremotos, desafortunadamente que a terra possui falhas terrestres que são as rachaduras formando as placas tectônicas que se chocam causando os terremotos, o azar é dos povos que estão próximo destas fissuras, aí não tem como evitar-se somente adaptar-se, como é o caso do Japão que constrói prédios com molas impedindo que este caia. O mesmo vale para os ciclones e tsunamis, eles são impossíveis de refrearem.


Chegando aos problemas comuns do Brasil como os de deslizamentos de terra, estes sim são evitáveis visto que as moradias são construídas em locais propensos a futuros deslizamentos de terras, mas o que faz as pessoas se arriscarem a construir uma casa num lugar como esses? Simples, eles não tem outro lugar! Então, estes cidadãos são coagidos a morar em lugares com riscos, pois este ainda é um lugar, caso contrário a única opção é ir morar na rua com a família. E o que mais revolta é que este é um problema simples de se resolver, basta que o governo faça uma fiscalização pesada em todas as áreas de riscos e forneça as devidas moradias às pessoas que estão nessa situação.


Quanto as enchentes, devido a poluição do ar está chovendo cada vez mais, e não obstante o solo é asfaltado o que dificulta a absorção da água pelo mesmo, além destes fatores negativos as pessoas são extremamente ignorantes e jogam lixo nas ruas. Primeiro com pelo menos a redução de poluentes, ou seja, que as pessoas evitassem ao máximo o uso de carro e que as fábricas investissem em energia limpa. E sobram os sujeitos que ainda jogam  vários tipos de resíduos que entopem os bueiros, será que é difícil guardar o lixo que se produz até encontrar a primeira lixeira?


Contudo, por um lado temos o que é inevitável, porém adaptável e por outro lado temos os evitáveis, porém nem todos fazem sua parte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não sou o "dono da verdade", portanto, estarei sempre disposto a ouvi-lo(a)...