Só falta você!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Errar Significa Humanizar





Não tem jeito, é incrível como todas as pessoas sem exceção erram, inclusive os seres mais geniais. Um dos três mais importantes filósofos da história Aristóteles, quiçá um dos mais sábios que a história já conheceu, errou ao supor que a única função da mulher fosse apenas a de reproduzir enquanto o homem era o responsável por pensar e realizar.


Ainda bem que todos nós seres humanos erramos! Pode soar um pouco estranha essa afirmação, mas isso ao menos garante que todos nós sejamos iguais. O homem por vezes se perde quando acerta muito, sobretudo considerando que este tenha uma "cabeça fraca", bastando uma partícula de inteligência para fazê-lo sentir-se superior aos demais.


Então se errarmos estaremos demonstrando nossas fraquezas, que são muitas aliás. Errar é o destino do ser humano a partir do momento em que ele nasce. Porém, não é cabível que se utilize desse argumento como forma de justificação para todos os tipos de erros. É isso aí, existem tipos de erros que são: os aceitáveis e os inaceitáveis.


Bem, é sempre aceitável errar pela primeira vez, pois teoricamente aprendemos lições vitais com os erros cometidos, sendo a principal delas não cometer o mencionado erro novamente.


Já os inaceitáveis são os mesmos que havíamos errado pela primeira vez. Além disso, existem erros tão grosseiros que nem se quer necessitam de um erro antecedente, vamos chamá-los de "erros sem margem". Quer dizer, não é necessário matar alguém pela primeira vez para depois saber que isto é errado. 


Concluo que errar ao passo que nos torna humanos, isto é, nos "humaniza" mais, ao mesmo tempo pode nos "desumanizar" quando o erro é absurdo.

3 comentários:

  1. Anselmo,

    Vejo que Aristóteles não conheceu nenhuma feminista na época.

    Quando penso no erro repetido, não penso em tragédia, lembro que deve ser a contextualização de si mesmo. Talvez um pouco do ser.

    Beijos.

    Lu
    http://lucianasantarita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ooi, obg por seguir o Primeiros Esboços Ruins. *-*
    Gostei do texto. Sempre aprendemos com os erros. No primeiro ano meu professor de física sempre falava pra gente não apagar nossos erros, pq era assim q aprenderíamos: olhando onde erramos e tentando fazer diferente, até acertar! (: rs
    Seguindo tbm, ^^

    ResponderExcluir
  3. Errar é um processo continuo de aprendizado, através do erro conhecemos as respostas certas e começamos a traçar o caminho mais apropriado. Errar é o principio do acertar,e como um bem que não vive sem mal, ou um dia sem noite..necessario.

    Abraço e valeu a visita lá no blog !

    continue ativo na blogosfera !

    ResponderExcluir

Não sou o "dono da verdade", portanto, estarei sempre disposto a ouvi-lo(a)...