Só falta você!

domingo, 26 de fevereiro de 2012

A Estagnação





A falta de movimento, atividade, a inércia são características dos que estão mortos, mas para nós que estamos vivos devemos fazer jus a vida que temos. E o que é viver?


Bem, se estar morto é a incapacidade de mover-se e pensar, viver significa o contrário; mexer-se a todo instante, utilizar de todos os sentidos e membros que abençoadamente foram-nos concedidos.  


O mal da estagnação mantêm as coisas na mesmice, sem inovações e tampouco melhorias. É fato que se fizermos sempre as mesmas coisas estaremos parados no tempo e o nosso destino será de um indivíduo estagnado, isto é, comum.


Comece a mudar suas atitudes aparentemente mais simples, por exemplo ao escovar os dentes se você estiver habituado a usar sua mão direita, passe a usar sua outra mão, o mesmo vale pra comer, caso dirija mude a rota que geralmente utiliza, aprenda coisas novas, que tal começar a aprender a tocar um instrumento, se já toca algo, pois que escolha um novo instrumento para dominar, vá a lugares que não visitaria normalmente, assista a uma peça de teatro por exemplo, enfim, existem infindáveis formas de sair do estado de paralisia. Talvez tenha reparado que neste parágrafo consta muito as variações de uma palavra: "hábito", e não é à toa, pois este é o cerne do problema, tudo que é habitual, costumeiro, deve ser quebrado visto que não traz mudanças.


A mudança é uma transformação, logo trocar os hábitos constantemente visando uma vida cada vez melhor contribui muito para a extinção da maldita estagnação.


Lembre-se de que você só irá mudar pra melhor se fizer algo novo em sua vida, ou se continuar a fazer as mesmas coisas que já lhe acompanham há anos em sua vida, você terá os mesmos problemas de sempre.

4 comentários:

  1. Anselmo,
    Hábito realmente transforma a vida num marasmo, numa rotina, e num modo de vida que excluímos os outros, pois dentro dele não está a opinião do fulano,nem a interferência do sicrano e nem vez alguma pra o beltrano. Hábitos assim como regras devem ser quebrados, para vivermos mais plenamente. Eu adoro quebrar paradigmas, embora nem sempre é fácil, pois o medo assola o que está arraigado dentro de nós.
    Já que sou canhota, ousarei escovar os dentes com a mão direita, e procurarei nao machucar a gengiva rsrsrsrs
    Beijokas doces e um bom restinho de domingo.

    ResponderExcluir
  2. Acho que o pior da estagnação é quando ficamos remoendo tudo o que aconteceu sem sequer fazer nada para que mude tal realidade. Vc bem abordou esse questão! :)

    bjks JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  3. Oi querido,

    Você tocou em uma questão fundamental para o crescimento, seja profissional ou pessoal. Quem fica parado, leva gol e termina sendo expulso do time. Não sei se a mudança é necessária a todo momento, mas penso que devemos estar em alerta constante.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Eu acho estagnação, procrastinação algo realmente muito infeliz. É preciso ao menos tentar fazer coisas diferentes em nosso cotidiano, mesmo que sejam tão simples quanto as que citou. Afinal, é iniciando nas coisas simples que aprendemos depois a lidar com as mais complexas.

    ResponderExcluir

Não sou o "dono da verdade", portanto, estarei sempre disposto a ouvi-lo(a)...