Só falta você!

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

O Denominador Comum





Não importa o cargo que você exerce hoje, ou que já exerceu; não importa quais sejam o seus bens; também não importa o lugar onde você mora; e também não importa a vastidão dos seus conhecimentos.


É um equívoco respeitar as pessoas pelas qualidades supracitadas. Para um indivíduo que exerce uma profissão de grandes responsabilidades e poderes, não significa necessariamente que este tenha as mesmas qualidades que são exigidas para merecer o cargo. Sobretudo levando em consideração que a sociedade segue um parâmetro incoerente para certas coisas, um exemplo disso seria o poderoso cargo de juiz e afins. Pois neste caso o critério avaliado para a investidura  ao cargo é o conhecimento relativos á legislação do país, enfim, as coisas mais burocráticas. Eu entendo que o juiz deve conhecer as leis para aplicá-las nos julgamentos, porém apenas isso não é o suficiente, uma vez que a base de seu trabalho será o seu critério, logo é possível dizer que a moral, bem como a ética do juiz são os elementos básicos e mais importantes para a correta execução do cargo. O mesmo raciocínio vale para outras profissões, será que todos os profissionais mereceram as responsabilidades que estão incorporadas com suas respectivas funções?


Outra coisa é que embora seja clichê, algumas pessoas não compreendem que não deve respeitar alguém só porque ela tem um carro de luxo, mas sim pelas suas atitudes! Há quem diga: "mas ele batalhou para comprar o seu objeto de ostentação". E eu pergunto: será que todos nós temos a mesma oportunidade para batalhar por aquilo que desejamos?


As pessoas são mais do que uma nacionalidade, elas são personalidade. Portanto, não existe um modo fixo do brasileiro pensar, assim como não existe um modo fixo do chinês pensar. Não devemos respeitar ou desrespeitar uma pessoa somente pelo fato dela vir de um determinado país ou lugar.


E por fim, não importa se você possui uma velocidade incrível de raciocínio, e que tenha estudado nos melhores centros de educação do mundo, o que importa realmente é o que você faz!


O denominador comum de cada pessoa é a sua qualidade moral. Independente de quais forem as características pessoais as coisas sempre vão se resumir em moralidade. É a sua moral que vai dizer se você merece respeito ou não.

2 comentários:

  1. Perfeito e para completar...

    E por fim, não importa se você possui uma velocidade incrível de raciocínio, e que tenha estudado nos melhores centros de educação do mundo, o que importa realmente é " se você conhece alguém influente"...esta com certeza foi a descoberta da alavanca...rs

    ResponderExcluir
  2. "As pessoas são mais do que uma nacionalidade, elas são personalidade." Palmas, muitas palmas para essa postagem. Mais palamas ainda p/ sua blusa do AC/DC na foto do facebook rs
    Seguindo o blog ta?
    Beijoos

    saahandradee.blogspot.com

    ResponderExcluir

Não sou o "dono da verdade", portanto, estarei sempre disposto a ouvi-lo(a)...