Só falta você!

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Viva a Folia! Viva a Alienação!





É tempo de folia, é tempo de esquecer dos problemas! É claro que também concordo que é importante espairecer a mente às vezes, porém se observarmos com mais cuidado logo compreenderemos que o entretenimento é o ingrediente principal para alienar as pessoas, ou seja, o intuito não é apenas o de distrair-se num curto período, sendo este o suficiente para recolocar as coisas nos eixos, mas é o de manter um estado onde predomina a alienação de seus componentes.


Um estado submisso é aquele que tem um povo que não toma conhecimento dos próprios problemas sociais, e muito menos tem consciência dos seus direitos. Então é aí que entra as festanças, que ao que tudo indica quanto maiores forem elas maior será a quantidade de alienados.


Entretanto, não é somente a festa da carne com suas pomposas obscenidades, mas inclui-se  nisso todas as comemorações que sem motivos aparentes são inseridas no calendário. Poucos sabem qual é a história que culminou na criação do Dia do Trabalho, ainda assim a única coisa que interessa aos trabalhadores de hoje é que este dia caia no meio da semana para transformar o simples feriado em um "feriadão". Sem fugir a exemplificação, a história do Dia do Trabalho deu-se em meados do final do século XIX, em Chicago, EUA. Ocorre que em 1º de maio milhares de trabalhadores foram ás ruas revindicar melhores condições de trabalho, quer dizer, foi uma grande manifestação que mobilizou muitas pessoas, e não obstante causou a morte de vários manifestantes. Desde então a data espalhou-se em vários países do globo. Então, que tal usarmos o feriado para lutar por algo melhor, bem como eles fizeram antes? 


Enfim, eu encaro os feriados não somente como dias de descanso, mas como uma oportunidade de fazer uma reunião que vise melhorias para nós mesmos. Vamos incomodar quem nos incomoda!


Bem, meu intento principal não é o de estragar a festa de ninguém, se você sente que precisa foliar, pois que folie! Porém, digo que enquanto nos entretemos com as divertidas datas comemoráveis nos esquecemos da realidade que volta nas cinzas destes, e aí vemos que a curtição passou e os nossos problemas ficaram.


Todavia, saiba que curtir faz bem, mas se sempre escolhermos abandonar a realidade para irmos festejar estaremos fazendo o que "eles" querem, isto é, nos alienando do mundo.

6 comentários:

  1. Exatamente, enfim concordamos em tudo, em cada frase deste texto, muito bem redigido e muito sábio.

    Qto mais circo......

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. De fato o carnaval é uma espécie de catarse coletiva que nos anestesia como sociedade... A alienação (não sei bem esta é a palavra certa) fica tão evidente a tal ponto que deixamos de questionar os gastos públicos com tal tipo de festa. Moro em uma região de Minas que foi atingida pelas chuvas fortes do mês passado, pessoas ainda estão desabrigadas, ruas esburacadas, casas destruídas e no entanto a prefeitura organiza um dos melhores carnavais dos últimos anos... e o povo castigado é o mesmo que na folia para esquecer seus problemas! Triste realidade!

    ResponderExcluir
  3. Em meu carnaval a "folia" se resume ao descanso. Sim, eu mereço depois de tanto trabalho.

    Não gosto dessa festa... é uma espécie de momento "pão e circo". Aliás, o Brasil é mestre em ter momentos como esse, não somente no carnaval... infelizmente!

    abraços JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  4. Meu carnaval está sendo idêntico ao da Joicy. Livros, filmes, blogues...
    Acreditamos que no Brasil há muitos feriados, porém, comparado a outros países, não é tanto assim.
    Brasileiro não tem diversas férias no meio do ano como há em países europeus e, portanto, acredito que merecemos um descanso.
    Nem tudo deve ser levado a sério, embora eu não possa tampouco discordar de uma vírgula de seu texto.

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu ponto de vista. Gosto da animação do carnaval mais não da sua essência , acho que , o carnaval foi muito banalizado pela sociedade nesses tempos atuais. Prefiro o feriado mesmo.

    spiderwebs.tk

    ResponderExcluir
  6. Tem q ter equilíbrio, é como vc falou: curtir faz bem, mas n podemos abandonar a realidade.
    Meu carnaval sempre foi ficar em casa, rs. Mas confesso q nao aproveitei tanto esse ano, podia ter feito mais coisas ao inves de "perder os dias"... :/

    Obrigada pelo comentario la no "Primeiros Esboços". *----* rs

    ResponderExcluir

Não sou o "dono da verdade", portanto, estarei sempre disposto a ouvi-lo(a)...